PT | EN
menu Created with Sketch.

Home / Loja /

Álbum digital / CD

Trilhas Brasileiras

2005

Especialista em extrair música de imagens há mais de uma década compõe trilhas para a TV Globo – o compositor, pianista e arranjador Alberto Rosenblit relança, pela Biscoito Fino, seu elogiado álbum Trilhas Brasileiras. São dez temas de sua autoria, explicitando a influência de compositores como Villa-Lobos, Gershwin e Jobim sobre choros, bossas, sambas, maracatus … Continue lendo Trilhas Brasileiras +LEIA MAIS

R$38,90

k Comprar

Produto disponível

Plataformas Digitais:

Descrição

Especialista em extrair música de imagens há mais de uma década compõe trilhas para a TV Globo – o compositor, pianista e arranjador Alberto Rosenblit relança, pela Biscoito Fino, seu elogiado álbum Trilhas Brasileiras.
São dez temas de sua autoria, explicitando a influência de compositores como Villa-Lobos, Gershwin e Jobim sobre choros, bossas, sambas, maracatus e outros estilos do abrangente leque sonoro brasileiro, mas também próximos da música de concerto, da valsa, das trilhas dos grandes espetáculos e dos musicais americanos.
Para este disco, Rosenblit lançou mão de orquestrações quase sempre sinfônicas, com a presença de violinos, violas, trompetes, trombones, flautas, violoncelo, trompa, oboé, fagote, vibrafone. As regências ficam a cargo de Rosenblit e de Vittor Santos.
O trombone de Santos marca presença em De Bem com a Vida junto com o violão de Paulo Jobim e a flauta de Marcelo Martins – e Gershwiniana, faixa que conta ainda com os violoncelos de Jacques Morelenbaum e Marcio Mallard. As flautas de Andréa Ernest Dias, a guitarra de Victor Biglione e o flugelhorn de Guilherme Dias Gomes ambientam a intrincada harmonia de Vargem Grande.
Andréa está ainda em Na Rua Sol Maior, dedicada à professora de piano do compositor, Vilma Graça, e no choro Domingo, feita para sua mãe, a também pianista Clara Rosenblit. Já Os Meninos é dedicada aos filhos de Rosenblit, Nina e David, com direito a Jessé Sadoc (trompete), Cristiano Alves (clarinete), Jota Moraes (vibrafone), Jorge Helder (baixo), Marcio Mallard, Alceu Reis (violoncelos) e grande orquestra.
Os arranjos de Happy End e Comboio Brasil imprimem grandiosidade às elaboradas composições de Rosenblit, ora em homenagem ao cinema, ora absorvendo as orquestrações típicas de um Villa, de um Jobim. Blue Window, somente com o piano de Rosenblit, e Saudade da Roseira (com Odette Ernest Dias na flauta e Phillip Doyle na trompa), de forte inspiração Jobiniana, evidenciam o que o compositor chama de “busca pela estética da delicadeza”.
– “Toco piano em todas as faixas porque Vittor Santos me disse:  Você tem que aparecer como pianista, não somente como compositor”.

E me agradou muito o resultado pianístico do disco. Até porque o que eu venho buscando há muito tempo é a estética da delicadeza. O mundo é muito violento. Nós estamos vivendo muita violência em todo campo de atividade, em cada minuto. Então, pra me defender, eu venho procurando a estética da delicadeza – conceitua Alberto Rosenblit.

Faixas
01. De bem com a vida
Autoria: Alberto Rosenblit
Editora: Direto
02. Na rua sol maior
Autoria: Alberto Rosenblit
Editora: Direto
03. Domingo
Autoria: Alberto Rosenblit
Editora: Direto
04. Gershwiniana
Autoria: Alberto Rosenblit
Editora: Direto
05. Vargem Grande
Autoria: Alberto Rosenblit
Editora: Direto
06. Saudades da Roseira
Autoria: Alberto Rosenblit
Editora: Direto
07. Blue Window
Autoria: Alberto Rosenblit
Editora: Direto
08. Happy End
Autoria: Alberto Rosenblit
Editora: Direto
09. Os meninos
Autoria: Alberto Rosenblit
Editora: Direto
10. Comboio Braisl
Autoria: Alberto Rosenblit
Editora: Direto